Primeira audiência de mediação pressiona gestão do GHC e abre diálogo sobre Acordo Interno com trabalhadores

Cerca de 50 trabalhadores participaram junto aos dirigentes sindicais da primeira audiência de mediação a respeito da renovação do Acordo Interno. Compareceram no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª região representantes da Aserghc, Sindisaúde-RS, Sinditest-RS, Simers, Sergs, Sinurgs, Sindifars, Sinttargs, Sisergs, Sindidaergs, Sasergs, Senge, Sindibio e Sipergs, além da equipe jurídica dos sindicatos. A gestão do Grupo Hospitalar Conceição estava representada por assessores da área jurídica e de recursos humanos.

Delegação de trabalhadores chegando no TRT4. Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Delegação de trabalhadores chegando no TRT4. Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC

Com cartazes coloridos e adesivos no peito, as dezenas de trabalhadores levaram suas principais reivindicações: Isonomia com o valor do Vale Alimentação dos colegas do Hospital de Clínicas e a retomada das Férias-Prêmio e Licença para Capacitação.

Trabalhadores da saúde exigiram valorização e mais direitos. Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Trabalhadores da saúde exigiram valorização e mais direitos. Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC

O presidente da Aserghc Valmor Guedes recuperou a história da conquista do Vale Alimentação como parte do Acordo Interno em 2012, com uma grande e histórica greve no GHC na campanha Todos Iguais, além da vitória do aumento de 30% também seguida de mobilização intensa em 2015. Valmor lembrou ainda que ao final da negociação de 2017 os itens Férias-Prêmio e Licença para Capacitação foram suspensos do Acordo Interno, e não definitivamente retirados, portanto agora é necessário rediscutir esses dois direitos históricos que atingem a qualidade de vida e do serviço prestado pelos trabalhadores dos hospitais e unidades. Ao longo da reunião os dirigentes sindicais mencionaram a constante desvalorização das demandas das categorias no cotidiano do GHC, e alertaram para a possibilidade de greve no próximo período.

Presidente Valmor Guedes relatou dificuldade de diálogo para com a diretoria do GHC. Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Presidente Valmor Guedes relatou dificuldade de diálogo para com a diretoria do GHC. Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Diretores do GHC afirmaram não ter autonomia para negociar os termos de um novo Acordo Interno. Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Diretores do GHC afirmaram não ter autonomia para negociar os termos de um novo Acordo Interno. Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC

Semelhante à postura da negociação do ano anterior, os gestores permaneceram omissos sobre as demandas levantadas pelos trabalhadores, afirmando que não possuem autonomia para realizar negociações em nome do GHC, pois dependem do aval da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST). Outro pretexto utilizado foi a proximidade do período eleitoral nacional, fato que segundo os diretores impediria a gestão de conceder qualquer tipo de direito ou aumento no valor do Vale Alimentação. Os trabalhadores presentes na audiência consideraram as desculpas apresentadas como um deboche, pois a atitude intransigente da gestão e do governo federal é igual o ano inteiro.

Reunião durou cerca de duas horas. Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Reunião durou cerca de duas horas. Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC

Como desdobramentos da audiência foram encaminhadas as seguintes ações:

– Relato da equipe jurídica dos sindicatos a respeito das demandas dos trabalhadores, a ser enviado para a representante do Ministério Público
– Diálogo entre mediação do TRT4, advogados e juiz do Tribunal Superior do Trabalho
– Convite à autoridades da SEST para comparecer à próxima audiência de mediação
– Segunda audiência de mediação dia 23 de agosto às 8h30 no TRT4

Cerca de 50 trabalhadores participaram da primeira audiência de mediação a respeito do Acordo Interno. Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Cerca de 50 trabalhadores participaram da primeira audiência de mediação a respeito do Acordo Interno. Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC

Dia 23 estaremos pressionando novamente em defesa de um novo Acordo Interno com mais direitos para todos os trabalhadores. Nos encontraremos às 7h15 na sede social da Aserghc para ir juntos até o TRT4. É fundamental a participação do máximo de colegas possível, portanto todos os interessados podem se inscrever nas secretarias da Aserghc para garantir transporte. Queremos isonomia com o valor do Vale Alimentação do HCPA já!

Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
Foto: Nathália Bittencurt/Comunicação ASERGHC
porno izle porno izle sikiş izle sex izle rus pornosu porno filimi Porno hikayeleri ücretsiz oyun hesapları 2021 oyun hileleri bedeva oyun hesapları bedava bilgi diyarbakır reklam diyarbakır matbaa