Todo apoio aos professores e estudantes! Defender a educação e saúde pública é dever de todos neste 15 de maio

Os serviços públicos vêm sendo desmontados ao longo dos governos e gestões. Dentre as áreas sociais que mais sofrem com a falta de financiamento e ausência de gestão técnica, estão a saúde, a educação e a habitação.

Neste ano o governo federal anuncia corte de 30% da verba destinada às universidades federais. Recentemente também foram cortadas bolsas de mestrado e doutorado de dezenas dessas universidades, comprometendo o andamento de pesquisas e início de novos projetos com novos alunos. Na UFRGS, por exemplo, o corte representa 31% da verba necessária para o custeio básico dos serviços de manutenção dos campi, e 65% da verba de capital universitário, utilizada para dar seguimento a os projetos de ensino. O corte na pós-graduação foi justificado com a suposta ociosidade de vagas, o que foi prontamente desmentido pelas reitorias. As bolsas suspensas já estavam destinadas à novos programas de ensino, e muitas já com estudantes selecionados para ocupa-las.

A verdade é que para “equilibrar” as contas públicas o governo federal decidiu priorizar o corte de orçamento na educação, ao invés de começar pelo próprio gasto com milhares de cargos de confiança e assessores, pelos privilégios da estrutura de governo, pelas verbas para publicidade governamental e pela suspensão das isenções fiscais às empresas devedoras e milionárias. Enquanto isso, mais recursos serão destinados a emendas parlamentares, com o objetivo evidente de comprar votos de parlamentares a favor da reforma da previdência.

Um país sem incentivos à educação não pode avançar em seu desenvolvimento social e econômico. No próximo dia 15 os professores estaduais do RS, os professores universitários, os servidores técnico-administrativos e o movimento estudantil estarão mobilizados em diversas escolas e universidades pelo país para barrar o corte de verbas e defender a Ciência e Educação Pública. Nós, trabalhadores da saúde pública, devemos nos solidarizar à luta dos educadores e estudantes e exigir respeito ao serviço público como um todo, do qual a maior parte da população pobre depende diretamente.

porno izle porno izle sikiş izle sex izle rus pornosu porno filimi Porno hikayeleri ücretsiz oyun hesapları 2021 oyun hileleri bedeva oyun hesapları bedava bilgi diyarbakır reklam diyarbakır matbaa