Nota de repúdio à vereadora Comandante Nádia

No último dia 21 de março, durante seminário sobre a violência contra as mulheres organizado pelo Grupo Hospitalar Conceição, fomos surpreendidos com materiais gráficos de apologia à violência social. O material pertencia ao mandato da vereadora de Porto Alegre “Comandante” Nádia, do PMDB.

No panfleto do mandato de vereadora havia a defesa explícita da revogação do Estatuto do Desarmamento. O estatuto é um dos poucos marcos de avanço social no combate ao uso de armas de fogo na população civil. Essa medida comprovadamente contribui na diminuição da violência e dos acidentes domésticos com armas, embora ainda seja insuficiente enquanto política pública. As armas de fogo são usadas frequentemente nos crimes de feminicídio. No Brasil, a cada 24 horas 6 mulheres são assassinadas por armas de fogo. Esse foi inclusive um dos temas do seminário em que a vereadora se encontrava.

O GHC é uma empresa pública que recebe diariamente centenas de vítimas da violência no RS. Portanto, não pode endossar campanhas contra o estatuto de desarmamento e assim contribuir com o caos social. Não concordamos com a atitude da vereadora Nádia (PMDB) e nem com a conivência da gestão do GHC. Basta de violência! Que possamos discutir saídas reais para os problemas sociais em novas oportunidades.

Foto: http://www.jornalecao.com.br

porno izle porno izle sikiş izle sex izle rus pornosu porno filimi Porno hikayeleri ücretsiz oyun hesapları 2021 oyun hileleri bedeva oyun hesapları bedava bilgi diyarbakır reklam diyarbakır matbaa