Justiça Reconhece Direitos Especiais a Mãe Trabalhadora com Filho com Necessidades Especiais

A Justiça do Trabalho atendeu o pedido de uma trabalhadora do GHC concedendo liminar para alterar seu horário de trabalho e reduzir a carga horária mensal, sem compensação e com redução proporcional de sua remuneração. A decisão possibilita que a funcionária possa atender às necessidades especiais de seu filho, portador de síndromes relativas a transtornos globais do desenvolvimento neurológico e fisiológico. A trabalhadora alegou ter direito à alteração do horário de trabalho e à redução da carga horária como forma de acesso de seu filho aos direitos fundamentais previstos na Constituição Federal e em convenções internacionais ratificadas pelo Brasil. Embora a decisão ainda não seja definitiva, foi tomada por unanimidade pelos nove magistrados que compunham a 1ª Seção de Dissídios Individuais do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região na ocasião do julgamento, os quais acolheram integralmente a tese sustentada pela trabalhadora. Mais informações com a assessoria jurídica da ASERGHC: Paese e Ferreira Advogados Associados.

porno izle porno izle sikiş izle sex izle rus pornosu porno filimi Porno hikayeleri ücretsiz oyun hesapları 2021 oyun hileleri bedeva oyun hesapları bedava bilgi diyarbakır reklam diyarbakır matbaa