Gerente da saúde comunitária do Conceição é indiciada por associação criminosa

Na última quinta-feira um novo escândalo de corrupção no setor da saúde pública veio à tona em Porto Alegre. Parte da diretoria da Fundação de Assistência Social e Cidadania (FASC) foi flagrada por investigação da Delegacia de Repressão a Crimes contra a Administração Pública, por fraudar contrato de aluguel proibido. O alto valor de venda do imóvel em questão foi o que chamou a atenção dos investigadores.

Surpreende mais ainda o envolvimento da gestora que atualmente é gerente da saúde comunitária do Hospital Nossa Senhora da Conceição, Landia Maria Araújo Cunha, indiciada por peculato (desvio de dinheiro público para uso próprio ou alheio) e associação criminosa, juntamente à mais seis pessoas, incluindo o ex-presidente da FASC, Marcelo Machado Soares . É inaceitável ter gestores do GHC envolvidos em esquemas de corrupção como este.

Confira aqui a repercussão do caso na imprensa:

porno izle porno izle sikiş izle sex izle rus pornosu porno filimi Porno hikayeleri ücretsiz oyun hesapları 2021 oyun hileleri bedeva oyun hesapları bedava bilgi diyarbakır reklam diyarbakır matbaa