Diretoria da ASERGHC defende o direito à Greve em reunião com a superintendência do GHC

Em virtude de informações desencontradas a respeito dos trabalhadores que não registraram o ponto eletrônico no dia 28 de abril, dia da Greve Geral, representantes da diretoria da ASERGHC foram até a diretoria do Grupo Hospitalar Conceição. A reunião foi com a diretora-superintendente Adriana Denise Acker e serviu para esclarecer a situação e solicitar que não haja lançamento de faltas e consequentemente descontos no contracheque referente ao dia.

Foi exposta pelos diretores da associação a dificuldade que os trabalhadores tiveram para se deslocar até as unidades de trabalho no GHC neste dia. Além das diversas alterações nas informações a respeito do transporte disponibilizado pelo grupo.

A greve é um direito de todos os trabalhadores e é assegurada por lei. A ASERGHC procurou a diretoria para garantir que não haja punições ou desconto nos dias trabalhados para aqueles que optaram em participar dos atos que ocorreram nas unidades do GHC em função da Greve Geral.
Na próxima segunda-feira, dia 15, a diretora-superintendente Adriana Acker se comprometeu a dar um retorno oficial aos representantes da associação em reunião. Seguimos de olho e lutando pelos trabalhadores. Nenhum direito a menos!

#ASERGHCnaLutaSem título

porno izle porno izle sikiş izle sex izle rus pornosu porno filimi Porno hikayeleri ücretsiz oyun hesapları 2021 oyun hileleri bedeva oyun hesapları bedava bilgi diyarbakır reklam diyarbakır matbaa