AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTE MÉTODO DE GESTÃO DO GHC

O Presidente da ASERGHC, Valmor Guedes, participou na tarde desta quarta-feira, 10 de agosto, da Audiência Pública convocada pelo Ministério Público para discutir o modelo de gestão do GHC. Em uma mesa composta por membros dos Ministérios Públicos Federal e Estadual, Conselho Estadual e Municipal da Saúde e pela Superintendente do GHC, Adriana Denise Acker, as discussões foram motivadas por denúncia do Conselho Municipal da Saúde de que as declarações do Ministro da Saúde, Ricardo Barros, colocavam em risco o Sistema Único de Saúde em Porto Alegre com os ataques perpetrados contra o GHC e seus trabalhadores.

Valmor, depois de manifestar sua preocupação com a falta de legitimidade das instituições do país, enfatizou que as tentativas privatizantes ameaçam o GHC há anos, seja com a tentativa de criação de uma fundação pública de direito privado para administrá-lo, seja por meio das terceirizações, ou da aprovação pelo Congresso da abertura do capital estrangeiro para a área da saúde. Ele lamentou que o modelo de gestão do GHC não respeite as competências dos recursos humanos próprios do Grupo, mas esteja subordinado a barganhas político-partidárias. E recordou que tanto ASERGHC quanto SINDISDAÚDE-RS lutam há anos para que se adote a escolha de gestores pelo método democrático da eleição.

porno izle porno izle sikiş izle sex izle rus pornosu porno filimi Porno hikayeleri ücretsiz oyun hesapları 2021 oyun hileleri bedeva oyun hesapları bedava bilgi diyarbakır reklam diyarbakır matbaa