ASERGHC e Sindisaúde-RS cobram ações de proteção para os trabalhadores do GHC

Na tarde de ontem, 16, os representantes da Aserghc e Sindisaúde-RS Arlindo Ritter e Valmor Guedes, junto à vice-presidente do Sindisaúde-RS Claudete Miranda, foram ao centro administração do GHC para solicitar informações junto ao Diretor Administrativo Claudio Oliveira e a Gerente de Recursos Humanos, Paula Rodrigues Morroni, sobre as medidas de segurança para os trabalhadores do Grupo.

Os trabalhadores exigiram medidas especiais para os colegas que integram grupos de risco da COVID 19, como idosos, gestantes, imunodeprimidos, cardiopatas e outros, e que seguem em atividade regular nos hospitais e demais unidades.

Dentre as demandas, estão equipamentos de proteção individual adequados, a viabilização de testes para detectar o coronavírus para todos os trabalhadores, bem como a possibilidade de afastamento do local de trabalho para casos suspeitos de contaminação e a preocupação com o método e concentração nos refeitórios.
Os dirigentes das entidades também solicitaram um planejamento para a possibilidade de falta de creches.

O diretor administrativo se comprometeu a apresentar resoluções a proteção do quadro pessoal até a próxima quarta-feira, 18 de março.

 

Da esquerda para a direita, Claudete Miranda, Arlindo Ritter, Claudio Oliveira e Paula Morroni.
porno izle porno izle sikiş izle sex izle rus pornosu porno filimi Porno hikayeleri ücretsiz oyun hesapları 2021 oyun hileleri bedeva oyun hesapları bedava bilgi diyarbakır reklam diyarbakır matbaa