ASERGHC e sindicatos dos trabalhadores da área da saúde discutem medidas contra a Reforma Trabalhista no GHC

Aserghc e os sindicatos reuniram-se na sede social da associação para discutir a provocação da direção do GHC, que no dia 09 de novembro, apresentou uma proposta de cortar os direitos dos trabalhadores e aplicar a Reforma Trabalhista. Entre os presentes, na data de hoje, estavam o Dr. Renato Paese, da Paese, Ferreira & Advogados Associados, o SINDISAÚDE, SERGS, SIMERS, SINDIFARS e SINDITESTRS.

A Reforma, que entrou em vigor no dia 11 de novembro, permite a redução dos direitos históricos e vai mexer até mesmo no bolso do trabalhador. Entre as maldades previstas está o corte nas horas extras habituais, adicional noturno das 5h às 7h da manhã e o pagamento da hora extra em feriados. Para Valmor Guedes, presidente da ASERGHC, estes são alguns dos ataques à classe trabalhadora. “Agora, mais do que nunca, será necessária unidade entre os trabalhadores para evitar o corte de salários”, afirmou Guedes.

Como mostra a ata abaixo, a direção do GHC está disposta a cumprir as novas regras da CLT. No entanto, os sindicatos e a Aserghc foram unanimes em rechaçar a proposta. É hora de resistir em unidade, em cada local de trabalho!

Novo Documento 2017-11-14_1

Novo Documento 2017-11-14_2

DSC_0018

479f4f52-0581-4184-b5ef-e78532562a51

f4e948c8-1c0f-4bea-8519-c630b82621b9

porno izle porno izle sikiş izle sex izle rus pornosu porno filimi Porno hikayeleri ücretsiz oyun hesapları 2021 oyun hileleri bedeva oyun hesapları bedava bilgi diyarbakır reklam diyarbakır matbaa