Aserghc e sindicatos da saúde permanecem em negociação para avançar no restabelecimento do Banco de Remanejo no GHC

 

A Aserghc e sindicatos da saúde reuniram-se novamente hoje (3) pela manhã, prédio administrativo do GHC. Na pauta, a forma de restabelecimento do Banco de Remanejo e as regras do Banco de Horas.

Representando a associação, estavam o presidente da Aserghc e do Sindisaúde-RS, Arlindo Ritter, e o diretor de comunicação Valmor Guedes. Além da comissão de negociação composta por trabalhadores, também estavam representantes dos sindicatos Sergs, Sindifars, Sinurgs, Sindars, Sasers, Sindaergs, Sinttargs e Sinditest RS. Membros da Gerência de Recursos Humanos e da assessoria jurídica representaram a diretoria do GHC.

Ao longo da semana anterior os representantes da Aserghc e sindicatos já haviam reunido na associação para analisar a estrutura de funcionamento atual do Banco de Remanejo. Hoje, os representantes do grupo hospitalar condicionaram a discussão a respeito do Banco de Remanejo à reabertura do debate sobre o regime de trabalho 12h x 36h, apresentada entre 2017 e 2018, quando as negociações foram encerradas por não haver consenso. A proposta regulamentação do regime de trabalho sofreu impacto da reforma trabalhista, além de influenciar diretamente no não cumprimento do Banco de Remanejo.

Diante da ratificação dessa posição da gestão, a associação e os sindicatos se comprometeram a reunir novamente para trabalhar em uma contraproposta no dia de amanhã, 4/06, com o intuito de ter uma resposta melhor formulada para comunicar à diretoria do GHC até a próxima sexta-feira, dia 7 de junho. O próximo encontro entre representantes sindicais e representantes dos gestores do GHC está previsto para dia 18 de junho, novamente às 10h no prédio administrativo.

porno izle porno izle sikiş izle sex izle rus pornosu porno filimi Porno hikayeleri ücretsiz oyun hesapları 2021 oyun hileleri bedeva oyun hesapları bedava bilgi diyarbakır reklam diyarbakır matbaa