STF decide sobre aposentadoria especial

STF. Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

Com informações da equipe jurídica Paese & Ferreira Advogados Associados

O Supremo Tribunal Federal julgou na terça-feira (23) a situação dos trabalhadores aposentados que atuam em atividades laborais insalubres, isto é, tem aposentadoria especial. O Tema 709, como também é conhecido, teve a definição de que, os profissionais que seguirem trabalhando sob condições de risco não devem mais receber o valor referente à aposentadoria especial. Ou seja, os trabalhadores devem optar entre continuar trabalhando ou se desligar de sua empresa e continuar na condição de aposentado especial. Essa definição já tem validade legal desde o dia 23 de fevereiro, e a decisão pessoal do trabalhador(a) deve ser comunicada o mais breve possível.

– A decisão impactará principalmente os profissionais de saúde. Em um período de pandemia, isso é preocupante, uma vez que deverá resultar em um esvaziamento do número de profissionais em hospitais e na diminuição da qualidade de atendimento à população – destaca o advogado do Escritório Paese Ferreira, Cristiano Ferreira.

Os profissionais que adquiriram esse direito através de decisão judicial já transitada em julgado, podem seguir trabalhando no mesmo local de trabalho e função, acumulando o benefício. As decisões judiciais provisórias, entretanto, não tem mais validade. Para mais informações, os trabalhadores devem consultar seu advogado(a) responsável por seu processo judicial.

porno izle porno izle sikiş izle sex izle rus pornosu porno filimi Porno hikayeleri ücretsiz oyun hesapları 2021 oyun hileleri bedeva oyun hesapları bedava bilgi diyarbakır reklam diyarbakır matbaa