Após reivindicação da Aserghc, GHC reconsidera formações institucionais obrigatórias na avaliação individual

Foto: Robson da Silveira/SMS PMPA

A gestão do GHC acatou o pedido de reavaliação dos quesitos das Formações Institucionais obrigatórias dos trabalhadores do Grupo, nos cursos que influenciarão na avaliação de 2021/2022, feito pela ASERGHC no final de dezembro de 2020. Devido à pandemia e os protocolos de distanciamento social adotados, muitos profissionais tiveram o desenvolvimento de sua qualificação prejudicada.

Em ofício enviado dia 21 de janeiro, os representantes da Diretoria do GHC informam que os profissionais que tiveram seu período de avaliação impactado pela pandemia de Covid-19 terão, na primeira avaliação anual, os itens dos três cursos obrigatórios desabilitados da avaliação de 2020. Já na avaliação de 2021, a gestão propõe que os itens Horas de Formação, Exame Periódico e Cursos Obrigatórios (inclusive os cursos requisitados em 2020) fiquem desabilitados.

Leia aqui a manifestação da gestão na íntegra.

porno izle porno izle sikiş izle sex izle rus pornosu porno filimi Porno hikayeleri ücretsiz oyun hesapları 2021 oyun hileleri bedeva oyun hesapları bedava bilgi diyarbakır reklam diyarbakır matbaa